Exposição – Os Portugueses na Ilha de Santa Catarina. Fotografias de Joi Cletison

13/06/2011 14:44
Convite exposição Os Portugueses

Convite exposição Os Portugueses

Esta Exposição foi montada para marcar a data de 10 de Junho que se comemora o dia de Portugal e também o dia de Camões.

A exposição mostra a presença portuguesa na Ilha de Santa Catarina, é composta de 18 imagens ampliadas em papel fotográfico brilhante que nos mostram vários aspectos que o povoamento português nos legou na arquitetura, na religiosidade, no folclore e no artesanato.

É claro que a cultura deixada pelos lusitanos incorporou outros elementos, mas conserva os traços de sua autenticidade. Para mostrar isto o NEA/UFSC organizou esta exposição de fotografias, onde mostramos a Arquitetura Luso-Brasileira com suas técnicas construtivas, o Artesanato com as belas rendas de bilro, cerâmica utilitária, tapeçaria que fazem parte do saber fazer deixados pelos nossos antepassados. No folclore mostramos as nossas Danças Folclóricas, os ternos de reis e na Religiosidade escolhemos as festas e romarias.

São 18 fotografias coloridas no tamanho 80X100 cm, ampliadas em papel fotográfico brilhante de autoria de Joi Cletison, que atualmente é diretor do Núcleo de Estudos Açorianos da UFSC e que atua como fotógrafo a mais de 25 anos, tem várias dezenas de exposições realizadas no Brasil e no exterior.

Maiores Informações: telefone 48 3028-8090 ou 3721-8605 ou também via e-mail joi@nea.ufsc.br

Veja matéria sobre a exposição: http://www.youtube.com/watch?v=h2MV8pP8yOs&feature=youtu.be

Fotos para divulgação: http://ftp.identidade.ufsc.br/Expo_OsPortugueses.zip

Serviços:
Local: Museu Histórico de Santa Catarina
Período: 10/06 a 10/07/2009
Terça a Sexta das 10 as 18 e Sábados e Domingos das 10 às 16 horas.
Promoção: Universidade Federal de santa Catarina/SECARTE
Secretaria de Estado de Turismo, Cultura e Esportes/FCC
Fundação Catarinense de Cultura
Realização: Núcleo de Estudos Açorianos
Museu Histórico de Santa Catarina

Texto de apresentação da Exposição:
“Nem tudo o que se vê em Florianópolis é português, mas de quase tudo o que é português se  vêem e escutam traços e reminiscências na Ilha de Santa Catarina. Um exemplo está nas vivências religiosas: faltam algumas importantes devoções, mas duas das manifestações mais notáveis estão  presentes: a Festa do Divino Espírito Santo e a Procissão do Senhor  dos Passos. A fotografia de Joi Cletison exprime tão bem a presença  portuguesa que parece falar e mover-se, e em poucas imagens evidencia  até algumas diferenças: a arquitetura portuguesa comum das fortalezas,  igrejas e prédios públicos, e a particularidade dos sinais açorianos,  mais sutis, nas rendas, nas danças e nos ofícios manuais, culminando  com as notas de atualidade que sobre esse fundo compõem esta pequena  sinfonia luso-brasileira.”

Profº João Lupi
Cônsul Honorário de Portugal em Florianópolis