Apresentação do NEA

O Núcleo de Estudos Açorianos da Universidade Federal de Santa Catarina foi criado em 1984 com o propósito de realizar pesquisas em prol do resgate da Cultura Açoriana destes povoadores, ainda que descendentes de portugueses continentais, quando vieram para o Sul do Brasil, em meados do século XVIII, já haviam desenvolvido no Arquipélago dos Açores, ao longo de mais de 200 anos de sua historia, uma evolução sócia demográfica e cultural, distinta da cultura portuguesa continental em muitos aspectos. A dinâmica sócio-cultural e demográfica do Açoriano no litoral catarinense contribuiu de forma decisiva na feição dos padrões sócio-culturais da região. Difundiram-se ao longo dos séculos XVIII a XX no litoral do Estado e os frutos são percebidos entre mais de um milhão de habitantes, distribuídos pelos 45 municípios do litoral catarinense.

O NEA foi reestruturado em 1992 e se adotou uma nova filosofia com o seguinte direcionamento: continua sendo um pólo de pesquisa e investigações sobre a cultura açoriana no Estado, mas hoje temos um trabalho comunitário que atinge todo o litoral de Santa Catarina com cursos, palestras, mapeamento cultural e reciclagem para professores. Criamos a Festa da Cultura Açoriana onde podemos mostrar o que temos de mais significativo e autêntico nesta herança cultural.

Implantamos um Conselho Deliberativo com representantes de todas as instituições culturais e Prefeituras Municipais do litoral catarinense. Também têm assento neste conselho as Universidades Regionais localizadas nesta área de atuação. Hoje fazemos as pesquisas, resgatamos e principalmente, devolvemos à comunidade estes resultados. Com isto temos valorizado as raízes açorianas no nosso Estado.

Hoje o NEA/UFSC atua em parceria com mais de 40 municípios do litoral catarinense, numa área de 15.000 quilômetros quadrados e tem um público alvo de mais de 1.300.000 de pessoas.

Destacamos quatro ações do Núcleo de Estudos Açorianos (NEA)

Pesquisa e Educação: O corpo técnico do NEA trabalha com pesquisa e incentiva novo pesquisador (professores e/ou alunos de especialização) a produzir trabalhos nesta área. Na área de educação, o NEA ministra cursos e palestras a professores do ensino fundamental, médio e superior do nosso Estado.

Mapeamento da Cultura de Base Açoriana: O NEA tem atuado sistematicamente ao longo do nosso litoral realizando cursos, palestras e treinando professores da rede de ensino para realizarem o mapeamento da cultura de base açoriana. Nesses treinamentos são repassadas informações sobre: o que são os Açores, chegadas dos açorianos a Santa Catarina, contribuição para o desenvolvimento do nosso Estado e o treinamento específico para aplicação do questionário nas comunidades. Hoje o NEA possui mais de 2.600 fichas preenchidas e aproximadamente 45% do litoral catarinense mapeado.

Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina – AÇOR: O AÇOR é uma festa anual que acontece sempre em municípios diferentes do litoral catarinense, onde fazemos uma mostra do que existe de mais autêntico e original da Cultura de Base Açoriana no nosso litoral. É realizada uma mostra do folclore, gastronomia, religiosidade, artesanato, danças, etc. O AÇOR é sempre organizado em parceria com as Prefeituras Municipais, Universidades Regionais e Fundações Culturais. A Festa da Cultura Açoriana de Santa Catarina já foi realizada nos municípios de Itajaí, Imaruí, Imbituba, Penha, Içara, Porto Belo e Garopaba. Em 2001 realizamos o 8º AÇOR na cidade de São José e contamos com 32 apresentações de grupos folclóricos e um público de mais de 15.000 pessoas nos três dias da festa.

Biblioteca do NEA: O NEA tem a disposição da comunidade em geral uma biblioteca com vários títulos inéditos em Santa Catarina e um acervo de trajes típicos, peças de artesanato e gravações musicais.

Joi Clétison Alves
Francisco do Vale Pereira